Data Center – Dicas para diminuir consumo de energia

14 outubro 2016 - 15:35, by , in Redes, Sem comentários

data center

Desligue os servidores que não estão em uso

Ao contrário do que todos pensam o ciclo de ligar e desligar não diminui seu ciclo de vida. Ligar e desligar não só economiza energia, como tem custo zero e maximiza a disponibilidade.

Adote melhores práticas para o resfriamento

Estudos mostram que de 30 a 60 por cento da energia consumida pelo data center vão para o sistema de resfriamento, e esses números são muito altos! Muitos sistemas de refrigeração sala de informática são ineficientemente implantado ou não são operados em condições recomendadas.

Existem algumas técnicas que você pode utilizar para minimizar o custo gerado na refrigeração. Alguns artefatos arquiteturais, tais como utilização de corredores quentes e frios e radiadores passivos, maximizam os mecanismos da refrigeração, canalizando o ar frio onde realmente é necessário.

Desligue as luzes ou instalar sensores

Esta é uma das coisas mais fáceis que você pode fazer para começar a poupar energia no momento. Se ninguém está no local de seu data center, apague as luzes, e se é difícil para o pessoal se lembrar de apagar as luzes quando eles saem, considere a instalação de sensores de presença.

Mude a cor do gabinete para branco

Se o gabinete de seu data center for preto, troque por um branco ou até mesmo cinza. Cores escuras requerem mais iluminação que cores claras, devido ao fato de não refletirem a luz.

Aumente a temperatura do data center

A maioria dos data centers trabalha em temperaturas entre 19 os 21 graus. O objetivo principal da refrigeração é evitar o aparecimento de pontos quentes que podem provocar mau funcionamento do equipamento. Mas a Intel afirma que é possível elevar a temperatura dos da centers até aos 27 graus, para economizar custos e reduzir a pegada de carbono.

Corredores quentes e frios

A técnica de refrigeração mais disseminada em um projeto de data center é a disposição dos racks em corredores quente e frio. Esta técnica serve para se controlar a temperatura de forma que o ar refrigerado chegue aos ativos e o ar quente vindo dos servidores seja refrigerado novamente. Nesta técnica, os racks são enfileirados todos com a frente para um mesmo corredor e com a traseira para outro corredor.

Na frente do rack o ar resfriado entra por baixo do piso elevado, e, por causa do diferencial de pressão e dos ventiladores ativos dos servidores, este ar é induzido a passar pelo rack, chegando a sua parte traseira. Quando o ar chega à traseira do rack, ele já fez as trocas de calor com os servidores e se encontra em uma temperatura maior (corredor quente). O ar no corredor quente não consegue voltar pelo caminho que veio e tende a subir, sendo recebido novamente pelo refrigerador de ar para ser refrigerado.

FONTE: http://www.redesecia.com.br/

Deixe uma resposta